Institucional

História do IOT Quadril

 O Instituto de Ortopedia e Traumatologia - IOT - foi fundado em 1976 e foi um dos serviços pioneiros no Brasil no atendimento ortopédico por subespecialidades, iniciando o atendimento na Subespecialidade de Quadril em 1986 após retorno do Dr Tercildo Knop de treinamentos na Santa Casa de São Paulo, no serviço do Dr Sérgio Rudelli e Dr Emerson Honda, e em Buenos Aires no Serviço do Dr Roberto Fabroni, ambos centros de referência em Cirurgia do Quadril.


Na época, as cirurgias realizadas eram principalmente artroplastias cimentadas e tratamento das fraturas do Fêmur proximal, sendo o Dr Tercildo um dos entusiastas do uso de artroplastias não cimentadas, foi um dos pioneiros, no Brasil, do uso destes implantes.


Em 1994, Dr Tercildo realiza fellowship em cirurgia do Quadril e Trauma Pélvico, em Birminghan, na Universidade do Alabama, sob supervisão dos Doutores Jorge Alonso e John Cuckler, implementando modernas técnicas de tratamento das fraturas para a realidade brasileira na época.


Com o aumento significativo da demanda de pacientes e pelo IOT inserir-se no cenário regional e nacional como centro de referência no atendimento da Ortopedia e Traumatologia, em 1995, Dr Luiz Henrique Penteado da Silva, ingressa no IOT e após treinamento de 1 ano e meio na Universidade do Alabama, em Birminghan, também sob supervisão dos doutores Jorge Alonso e John Cuckler, retorna ao Brasil em 1998, dedicando-se especialmente ao tratamento de fraturas complexas da Pelve e acetábulo, fraturas do fêmur a artroplastias do quadril, tanto primárias como de revisão.

No ano de 2006, iniciou no IOT o treinamento de cirurgia do quadril, certificado pela Sociedade Brasileira de Quadril, para ortopedistas como interesse na área.


Em 2010, após treinamento Cirurgia do Quadril no IOT e em Artroscopia do Quadril em Cambridge, na Inglaterra, no Serviço do Dr Richard Villar, médico pioneiro nas modernas técnicas de cirurgia preservadora do quadril, Dr Samuel Faccioni retorna ao Brasil e passa a dedicar-se ao tratamento artroscópico de patologias até então pouco estudadas, que acometem pacientes jovens com lesões articulares e periarticulares do quadril. Este procedimento, ainda hoje, é realizado somente em alguns centros de referência no Rio Grande do Sul e no Brasil, sendo o IOT, um dos precursores do uso desta técnica.


Após completar treinamento em Cirurgia do Quadril no IOT, em 2013, Dr Gabriel Knop ingressa no grupo onde se dedica ao tratamento de fraturas do fêmur proximal e artroplastias do quadril. Em 2016, Dr Gabriel realiza treinamento em Trauma Ortopédico, na Cidade do México, no Hospital Lomas Verdes, centro de referência em tratamento de politraumatizados no México.

Atualmente, o grupo do quadril do IOT realiza, SEMANALMENTE, em média 12 artroplastias de quadril primárias, 2 revisões de próteses, 2 fraturas da pelve e acetábulo, 4 artroscopias e 8 fraturas do fêmur proximal.