Patologias

Prótese de quadril

   PRÓTESE TOTAL DE QUADRIL


    A artrose de quadril, assim como as fraturas de colo femoral no idoso e outras patologias que afetem a cabeça femoral, podem ser tratadas com uma prótese total de quadril.

 

O QUE É UMA PRÓTESE TOTAL DE QUADRIL

    É uma cirurgia que substitui um quadril doente por uma articulação artificial (prótese). A prótese tem por objetivo diminuir a dor e melhorar a mobilidade de um quadril que, nos casos de artrose, já está muito limitada. Quando a dor é muito intensa, o paciente evita de largar peso sobre o membro afetado, o que provoca atrofia muscular gradativa deste membro, com diminuição de força.

    As próteses podem ser fixadas ao osso com o uso de cimento (geralmente indicado em pessoas mais idosas ou com muita osteoporose) ou sem cimento. As próteses fixadas com cimento são lisas e polidas. As próteses não cimentadas tem superfície externa com revestimento áspero, o que provoca o crescimento ósseo para dentro deste revestimento, fazendo o que chamamos de fixação biológica.



QUADRIL NORMAL                                    QUADRIL ARTRÓSICO

 

DURABILIDADE DE UMA PRÓTESE:

Um médico não pode precisar quanto tempo uma prótese vai durar, uma vez que existem vários fatores que podem preservar a prótese ou acelerar o seu desgaste e soltura. Por exemplo: um trabalhador braçal possivelmente gastará sua prótese mais rápido que um funcionário administrativo. Também poderá haver um desgaste mais rápido de acordo com o peso do paciente, pois quanto maior a carga que a prótese terá de suportar, maior será o desgaste. Possivelmente o fator principal na durabilidade de uma prótese seja a sua superfície de deslizamento, o que veremos adiante.

“REJEIÇÃO DE UMA PRÓTESE.”

 

Este termo freqüentemente é usado pelo paciente por ter ouvido falar que algumas próteses soltam logo ou são “rejeitadas” pelo organismo. Na verdade esta “rejeição” é, na maioria das vezes, uma infecção na prótese, sendo necessária a sua retirada. Há, também, um fator que pode influir na  troca precoce de prótese e que está relacionada a qualidade do material com a qual a prótese é feita.

TIPOS DE PRÓTESE DE QUADRIL:

As próteses de quadril podem ser:

a) Totais: quando há substituição do encaixe na bacia (acetábulo) e da cabeça do fêmur.

b) Parciais: quando é trocado apenas a parte do fêmur, mantendo-se o acetábulo ósseo do paciente. Estas são pouco usadas atualmente e a empregamos, eventualmente, em pacientes muito idosos, com fratura de colo femoral, associado a comorbidades e com pequena expectativa de vida.


                                                                                            

                                     

 PRÓTESE PARCIAL                                                                            PRÓTESE TOTAL


Já as próteses Totais podem ser:

a) Cimentadas:: quando são fixadas ao osso com cimento ósseo.

As próteses totais podao osso com cimento ósseo.

b) Não cimentadas: quando tem fixação biológica (crescimento ósseo para dentro da prótese).